Este ano, com as regras que a pandemia impõe, não é possível levar a efeito o já tradicional Encontro dos Estudantes Universitários da nossa freguesia. Em 2020 perfaz a bonita soma de 20 anos consecutivos em que numa das noites entre o natal e o ano novo se convivia, partilhavam conhecimentos e experiências, se vibrava com o sorteio de algumas ofertas que a Junta de Freguesia disponibilizava. Não sendo isto tudo possível mas não querendo deixar passar a data em branco, esta autarquia está a oferecer aos seus estudantes um saco com algumas ofertas e um vale para usar nos estabelecimentos comerciais locais. Esta iniciativa permite que se possa usufruir de alguma partilha com a toda a segurança possível, sem obstar a que pequenos grupos de amigos se possam encontrar. Só é exigido que se cumpram as regras da DGS e do município.

O saco pode ser recolhido no edifício sede da Junta de Freguesia de Monchique até às 18 h do dia 28 de dezembro de 2020. Na entrega ou por e-mail será dado o acesso ao endereço para um webinar com o tema OLHARES PARA O TERRITÓRIO que terá início às 19 horas do dia 28 e onde todos têm possibilidade de ouvir, intervir, divulgar, opinar, o que quiserem, sempre com o conceito geral de pensar o nosso território, com o olhar que as ferramentas fornecidas pelos cursos superiores que frequentam ou terminaram já, não importa, lhes permite fazer.

O conhecimento que se iniciou no dia da nossa entrada na escola e vai até ao doutoramento em vários casos honrosos para todos os monchiquenses vai permitindo mudar a nossa perspetiva do universo, já que são estudos universitários o que estão a fazer.

O desenvolvimento, a cultura, a tecnologia, a história, o conhecimento, não podem estar submetidas a fronteiras nem espartilhadas em convenções que proporcionem nacionalismos, bairrismos e outros ismos pouco abonatórios ao género humano. Sem esquecer quem somos nem as características do nosso espaço e do nosso tempo, esta ação dirige-se a todos os estudantes do concelho, numa parceria entre as 3 juntas de freguesia. O que se pretende é que a formação da massa crítica seja saudável e resultem favorável a todos.